Sábado, 15 de junho de 2024







ELEIÇÕES 2024: Guilherme Fontana pré-candidato a prefeito do PT em Chupinguaia

Guilherme Fontana, professor e pós-graduado em Filosofia, lançou sua pré-candidatura a prefeito de Chupinguaia pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Ele é o primeiro de uma série de entrevistas do Extra de Rondônia com os pré-candidatos desse município.

O site conversou com ele para entender melhor suas motivações e planos para o município em caso que seu nome seja aprovado em convenção e dispute o pleito eleitoral na “Capital do Boi Gordo”.

EXTRA DE RONDÔNIA: Por que você quer ser prefeito de Chupinguaia?

GUILHERME FONTANA: Primeiro, quero ser prefeito para cuidar da vida das pessoas. A política só tem sentido quando cuidamos do outro. Nosso lema é cuidar de Chupinguaia. Queremos fazer mais e melhor para o lugar onde escolhemos viver, priorizando a vida de todos os cidadãos. Saúde, educação, infraestrutura e desenvolvimento social são nossas prioridades. Quero cuidar da vida das pessoas e melhorar nosso município.

EXTRA: Qual é a sua avaliação do momento político/administrativo do município?

GUILHERME: Há uma polarização entre a atual administração da prefeita Sheila, com o pré-candidato Capelão, e o Wesley Araújo, que ficou em segundo na última eleição. Esses dois grupos já se entrelaçaram algumas vezes, e cada um tem seu público fiel. Essa polarização não é benéfica para Chupinguaia. Queremos oferecer uma terceira opção, uma que seja realmente do povo e não apenas um projeto de poder pessoal. Precisamos de um grupo novo, dedicado e honesto, capaz de administrar Chupinguaia de forma eficiente.

EXTRA: Quais são suas metas para a Saúde?

GUILHERME: Temos várias metas prioritárias. Primeiramente, queremos um hospital de pequeno porte (HPP) com uma sala para pequenas cirurgias e obstetrícia. Atualmente, mesmo as pequenas cirurgias precisam ser feitas em Vilhena ou Cacoal. Precisamos descentralizar o atendimento na sede, modernizar e construir instalações próprias para reduzir gastos com aluguel. Valorização dos funcionários da saúde e formação humanizada de atendimento também são essenciais. Pretendemos trazer especialistas, como cardiologistas e pediatras, através da telemedicina.

EXTRA: Quais são seus planos para a Educação?

GUILHERME: Primeiro, queremos desvincular creches do ensino infantil. Planejamos construir uma creche específica, especialmente para mães que trabalham no frigorífico e precisam de horários especiais. Também queremos uma nova escola para aliviar a superlotação da escola estadual, que foi planejada apenas para o ensino médio, mas atende do sexto ano ao terceiro ano do ensino médio. Valorização salarial dos servidores da educação e reformulação das escolas multisseriadas são outras metas importantes.

EXTRA: Quais as metas para o setor de infraestrutura e obras?

GUILHERME: Precisamos modernizar a infraestrutura. Queremos substituir pontes de madeira por pontes de aço e concreto, e utilizar tubo-arcos. Reformar amplamente as infraestruturas hidráulicas e elétricas das escolas é urgente. Planejamos aumentar o número de asfaltos e redes de esgoto em bairros como Cidade Alta e Jardim Acácia. A construção de uma Estação de Tratamento de Água e Esgoto (ETA) também é uma prioridade, assim como a construção de uma UPA.

EXTRA: O que pretende fazer para estimular a geração de empregos através dos setores de fomento à indústria e comércio, além do turismo?

GUILHERME: Precisamos explorar o potencial turístico de Chupinguaia, como as cachoeiras e as reservas dos povos originários. A prefeitura não pode ser a única geradora de empregos. Devemos atrair novas indústrias, como a de produção de ração, com incentivos fiscais e locacionais. Investir em esportes e educação também pode gerar renda. Nossa meta é criar um ambiente favorável para a instalação de novas empresas e o desenvolvimento econômico do município.

EXTRA: O que tem projetado para o setor de Assistência Social?

GUILHERME: Precisamos integrar o trabalho do CRAS na vida das pessoas. Oferecer aulas de violão, música e lazer para idosos, como hidromassagem e parques, é essencial. Planejamos criar um banco de empregos para conectar cidadãos às oportunidades de trabalho e orientá-los sobre benefícios do INSS. Nosso objetivo é oferecer um suporte completo e eficiente à comunidade, valorizando a assistência social.

EXTRA: Qual é a sua mensagem ao funcionalismo municipal?

GUILHERME: O Partido dos Trabalhadores sempre valorizou os funcionários públicos. Precisamos realizar concursos públicos, especialmente para cargos de apoio nas escolas, onde não há concurso desde 2011. Valorização salarial conforme cada categoria e progressão na carreira também são prioridades. Queremos efetivar trabalhadores comissionados e garantir que todos sejam devidamente remunerados e valorizados.

EXTRA: Como está a articulação de apoios políticos e alianças partidárias em torno de seu projeto de tentar ser candidato?

GUILHERME: Nosso nome está à disposição há um ano, estamos conversando com todos os partidos, incluindo PL, União Brasil, MDB e PP. Nosso projeto é de longo prazo e visa o bem de Chupinguaia. Queremos governar para o povo, não para benefícios pessoais. Estamos abertos ao diálogo e buscamos formar alianças que beneficiem o município. Se necessário, seguiremos com nossa candidatura de forma independente.

EXTRA: Deixe a sua mensagem final para a população de Chupinguaia.

GUILHERME: Estamos construindo um projeto coletivo para todos. Queremos uma Chupinguaia inclusiva e participativa. Analisem nossas propostas, conversem com as pessoas, conheçam nosso projeto. Nosso objetivo é cuidar de Chupinguaia como cuidamos de nossa casa, com zelo e dedicação. Participem das discussões e formulações de projetos, pois acreditamos na construção conjunta. Queremos ouvir todos para construir o melhor para Chupinguaia. Agradeço a todos os munícipes que nos acompanham e peço que confiem em nosso projeto para o futuro do município.

Extra de Rondônia


spot_img


Pular para a barra de ferramentas