teensexonline.com

Sexta-feira, 12 de julho de 2024








Homem morre eletrocutado e fica pendurado ao tentar roubar cabo de energia; veja o vídeo

Um homem morreu eletrocutado, no final da madrugada desta quarta-feira (12), quando tentava furtar cabos na Rua Almirante Alexandrino, em Santa Teresa, na região central do Rio. Por conta da descarga elétrica, o corpo ficou pendurado na fiação.

De acordo com as primeiras informações, o homem se desequilibrou, tomou um choque e ficou pendurado pelas pernas, a 6 metros do chão.

 

Segundo a Polícia Militar, PMs do 5º BPM (Centro) foram acionados para uma ocorrência de tentativa de furto de cabos. De acordo com o comando da unidade, um homem sofreu descarga elétrica e morreu no local.

O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado às 6h23 para o salvamento do homem. No entanto, quando militares do Quartel Central chegaram ao local, a vítima já estava morta. O corpo será retirado e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do Centro do Rio.

A Light informou que não foi preciso interromper o fornecimento de energia na região.

No entanto, o Bonde de Santa Teresa informou que suspendeu temporariamente a operação do transporte por conta da morte do homem. De acordo com a administração do sistema, “a rede de energia será desligada por causa de um acesso indevido nas instalações elétricas”.

O caso foi registrado na 7ª DP (Santa Teresa). Em nota, a Polícia Civil disse que fez uma perícia no local e que diligências estão em andamento para apurar as circunstâncias da morte.

Furto de cabos aumenta

Um levantamento mostra que aumentou o furto de cabos de energia no RJ em 2023. De acordo com a Light, concessionária de energia do Rio, só no ano passado foram furtados mais de 16 mil metros de fios na Região Metropolitana, metragem que equivale a 4 voltas na orla de Copacabana, Zona Sul da cidade.

O aumento foi de 160% em relação ao mesmo período de 2022. Naquele ano foram furtados 6 mil metros.

A Zona Norte lidera o ranking de furtos de cabos. A Tijuca registrou 94 casos, seguida da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, com 80 e 45 ocorrências, respectivamente.

Metropóles


spot_img


Pular para a barra de ferramentas