Rondônia,  às 06:55:11- Email: [email protected] - Telefone: 69 9 9284-5099.




PRF apreende quase 300 kg de maconha colombiana em Vilhena



Mãe de um dos rapazes mora em Vilhena e testemunhou a prisão do jovem

Por telefone, o chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Vilhena, Luiz Vivian, deu detalhes da apreensão de quase 300 kg de drogas em Vilhena, na tarde desta terça-feira, 14.

Após a abordagem a um caminhão, a bordo do qual estavam dois rapazes moradores de Cuiabá (MT), um com 26 e outro com 29 anos, os PRFs precisaram fazer uma perseguição ao veículo, que entrou numa via de acesso lateral à cidade após deixar a BR 364, na saída da cidade para Porto Velho.

Detidos já nas proximidades da faculdade Iesa, após atravessarem o bairro Cristo Rei, a dupla foi presa. A mãe de um deles mora em Vilhena e existe a suspeita de que os dois jovens iriam tentar se esconder na casa dela. O material ilícito estava escondido embaixo da “cama do motorista”. A mulher foi chamada ao local onde o filho foi preso, mas não há indicativo da participação dela no crime.

Segundo o chefe local da PRF, a droga foi pesada, totalizando um total de 291,1 kg de maconha “especial” que havia sido importada da Colômbia. Modificada geneticamente, a erva é mais forte que a “comum” e se equipara ao entorpecente conhecido como “skunk”.

O carregamento da droga teria sido feito em Cruzeiro do Sul (AC) e seria levado para Cuiabá (MT), para ser distribuído na própria capital mato-grossense e em cidades próximas. O montante poderia render até R$ 3,5 milhões aos traficantes.

A substância e os infratores foram encaminhados à Polícia Federal em Vilhena para registro da ocorrência.

Por PRF/ RO


+ Notícias