Sábado, 15 de junho de 2024







Produção de café na safra 2024 é estimada em 2,73 milhões de sacas

Os produtores de café em Rondônia deverão obter 2,73 milhões de sacas beneficiadas de conilon na safra 2024, volume 10,2% abaixo do obtido na temporada anterior. A queda se deve, principalmente, à menor área em produção estimada em virtude à renovação das lavouras e maior adensamento das plantas. A informação está no 2º Levantamento da Safra 2024 de Café, publicado nesta quinta-feira (23) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

De acordo com o documento, a produtividade nas lavouras rondonienses deve registrar um leve aumento de 1,3%, saindo de 50,2 sacas por hectare para 50,8 sacas por hectare, a segunda maior do país. Esse melhor desempenho ocorre mesmo com as condições climáticas não sendo tão favoráveis à cultura ao longo do ciclo, principalmente nas fases reprodutivas da cultura e é explicado pelo melhor pacote tecnológico que vem sendo empregado na cafeicultura estadual.

“A adoção de tratos culturais adequados, clones mais resistentes às doenças, pragas e secas, a utilização de irrigação suplementar, entre outros fatores, aumenta o potencial produtivo esperado pela cultura, prevendo assim, estimativas de rendimento médio superiores à de anos anteriores”, pondera o superintendente da Conab em Rondônia, Rosemberg Alves Pereira.

A colheita do café no estado já iniciou e atingiu, até o início de maio, cerca de 20% da área cultivada. Os trabalhos devem se estender até agosto.

Outras informações sobre a safra de café neste ano no estado e nas demais regiões produtoras da cultura do país podem ser encontradas no 2º levantamento disponível no portal da Companhia.


spot_img


Pular para a barra de ferramentas