today-is-a-good-day





Segunda-feira, 04 de março de 2024




Professor de escolinha de futebol é preso por abusar de 11 meninos

Um pedófilo acusado de abusar crianças e adolescentes em uma escolinha de futebol em Cuiabá foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (09), na zona rural de Nova Ubiratã.

O criminoso foi identificado como C. B. A, de 36 anos, teve a prisão decretada pela 14ª Vara Criminal de Cuiabá em dezembro do ano passado, após sentença que o condenou a 16 anos e quatro meses de reclusão.

A investigação identificou 11 vítimas, com idades entre 10 e 16 anos, que confirmaram abusos praticados pelo acusado.

Ele foi localizado pela equipe da Delegacia de Sorriso em uma fazenda, na zona rural de Nova Ubiratã. Com o cumprimento do mandado, o estuprador será encaminhado à unidade prisional de Sorriso.

O inquérito policial para apurar os crimes foi instaurado em 2018, pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) de Cuiabá. A mãe de uma das vítimas procurou a polícia para relatar que o filho havia sofrido abusos sexuais praticados pelo professor da escolinha, que atendia estudantes dos bairros Dr. Fábio, Três Barras e Novo Horizonte.

A escolinha atendia de crianças de 8 anos a adolescentes de 16 anos.

Conforme a evolução das investigações, mães de outras vítimas, todas de 14 anos, denunciaram que seus filhos também tinham sido molestados pelo professor.

Os adolescentes passaram por exame de corpo delito e por atendimento da equipe psicossocial, que atestaram o cometimento do crime de estupro. Um dos meninos foi abusado sexualmente quando retornou de uma viagem da escolinha.

A mãe contou que o filho viajou para o Rio de Janeiro e Goiás para participar de testes de seleção e, durante a viagem, o garoto foi abusado sexualmente pelo professor. Os abusos teriam ocorrido com um outro garoto de 14 anos, amigo do filho, que teria sido abusado durante uma viagem para Curitiba, no Paraná.

O criminoso ainda teria feito o menor tomar um medicamento e usar gel na virilha dizendo que era para melhorar o rendimento físico.

Conforme a Polícia Civil, os abusos ocorriam durante as viagens com os alunos, nos hotéis em que eles se hospedavam. No celular do pedófilo foram encontradas dezenas de imagens de adolescentes em cenas de nudez e de sexo.

Uma outra vítima foi identificada em Nossa Senhora do Livramento. O criminoso ainda teria agido em Sorriso antes de chegar em Cuiabá.

APARECIDO CARMO
DO REPÓRTERMT


spot_img


Pular para a barra de ferramentas