domingo, 16 de janeiro de 2022, às 15:01:44- Email: [email protected] - Telefone: 69 9 9284-5099.




Projeto “Tchau Poeira” desenvolve serviços de infraestrutura com asfalto urbano para os municípios rondonienses

Em 2021, o Governo de Rondônia colocou em prática o projeto ‘‘Tchau Poeira’’ com o propósito de levar aos municípios ações humanitária e histórica, com asfalto urbano, visando melhorias na infraestrutura das cidades. São quase 680 km de obras para melhoria da malha viária urbana e ultrapassa R$ 360 milhões o investimento em todos os municípios.

A missão é audaciosa, pois vai além das competências legais, asfalto em frente das casas dos moradores é responsabilidade das prefeituras, mas elas passaram a ser apoiadas pelo Estado. Humanitária, pois coloca fim a lama e poeira na vida das pessoas. E histórica, uma vez que há décadas a população sonhava com uma malha viária de qualidade e segura.


Os projetos de pavimentação e recapeamento apresentados pelos municípios são contemplados pelo Governo de Rondônia em três modalidade, podendo um mesmo município ter obras em modalidades diferentes. A definição de cada forma de execução da obra foi aplicada em alinhamento com o gestor municipal para que a escolha fosse pela alternativa mais célere, econômica e que gere resultado técnicos de qualidade.

Por execução direta do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), são quase 60 km de pavimentação e mais de 200 km de recapeamento/microrrevestimento em 19 municípios. Investimento de mais de R$ 104 milhões.

O projeto “Tchau Poeira” também está em execução em Porto Velho

Por execução indireta, ou seja, contratação de empresa pelo Governo, são mais de 160 km de pavimentação, contemplando 28 municípios, um investimento superior a R$ 142 milhões e mais de 93 km de recapeamento, alcançando 23 municípios, mais de R$ 30 milhões em investimento.

E por convênio com as prefeituras, que é o repasse de recurso, são cerca de 165 km de asfalto novo e recapeamento destinados a 11 municípios com o custo de quase R$ 87 milhões.

HISTÓRICO

Por meio do “Tchau Poeira”, 2021 entra na história de Rondônia como o ano de início da revitalização das vias de todo o Estado e a promoção de qualidade de vida aos rondonienses. O ‘‘Tchau Poeira’’ foi precisamente planejado e exigiu do Governo uma gestão estratégica. Era preciso levantar recursos. De um Estado com déficit orçamentário em 2019, chegou a um superávit significativo em 2021.

Foi assim que o projeto com a proposta de aplicar mais de R$ 300 milhões em asfalto urbano das cidades por meio do “Tchau Poeira” foi encaminhado para apreciação da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE). E com o recorde de menor tempo de análise, e unanimidade, os deputados estaduais aprovaram o uso do recurso próprio do Estado em asfalto para os municípios. O presidente da ALE, Alex Redano, explica o motivo: ‘‘É um projeto sério que vai ajudar a população, e além disso, é executado com recurso de economia do Poder Executivo e não de financiamento, o que endividaria o Estado’’.

Com a aprovação pela ALE, foi a vez das prefeituras entrarem em cena, ou seja, coube a elas elaborarem os projetos com acompanhamento do Estado, indicar ruas e avenidas para ganharem asfalto novo e manutenção da pavimentação, o recapeamento. Conforme os projetos chegaram ao Governo, eram analisados, e estando tudo regular, aprovados.

O Governo de Rondônia orientou, ao Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), que as obras fossem rápidas e com qualidade. O diretor-geral do DER, Elias Rezende, então colocou no trecho frentes de trabalho para dar à população o quanto antes a oportunidade de dizer tchau para a poeira, que lhe causou transtornos por longos anos. Já são quase 56 km de pavimentação e recapeamento executados de forma direta.

HUMANITÁRIO

O “Tchau Poeira” não se resume a asfalto nas ruas, os moradores contam que representa a renovação da esperança, pois já não aguentavam mais tantas dificuldades para exercer um direito básico: ir e vir pelas ruas da cidade com dignidade. Os municípios são os mais diversos, mas as dificuldades enfrentadas semelhantes: a poeira que incomoda e causa desconforto respiratório e até adoecimento; a lama que faz do trajeto um obstáculo; as buraqueiras que estragam carros e provocam acidentes; e também a desvalorização dos imóveis e o prejuízo a qualidade de vida das pessoas.

“No período de seca tem essa poeira; para mim que tenho um mercadinho fica muito difícil, porque todo tempo tem que estar limpando a mercadoria e o ambiente; e na época de chuva é só lama, fica tudo escorregadio. É terrível. Mas agora que o Governo está fazendo esse benefício para a população ficamos muito gratos. Graças a Deus agora a gente foi contemplado com o ‘Tchau Poeira’ que tem trazido desenvolvimento para o Estado”, disse o comerciante Laelson Marques, morador de Porto Velho.

O aposentado Alexandre Fernandes chegou do Paraná em Ariquemes no final dos anos de 1970. Acompanhou as épocas mais difíceis, onde a locomoção era demorada devido às condições das estradas e conta orgulhoso da satisfação de saber que Ariquemes foi contemplada com o “Tchau Poeira”. ‘‘Eu vejo o progresso e só tenho que agradecer. É importante que a obra aconteça, pois lugar bom é onde a gente vive bem’’.

“Essa rua sempre foi péssima, cheia de buracos, é muita poeira. Agora é um prazer saber que vai passar asfalto, e asfalto bom, será uma honra para as famílias da nossa rua. Vamos dar tchau para a poeira e adeus aos buracos”, disse a dona de casa Lenira de Almeida, de Ouro Preto do Oeste.

O morador de Pimenta Bueno, Antônio Rufino dos Santos, esperava pelo asfalto há mais de 30 anos e viu no “Tchau Poeira”, o fim de um sofrimento constante. “É sofrimento o ano todo. Quando não é poeira, é a água da chuva, é uma lama só. Estou muito feliz. Quem não ficaria feliz com o asfalto chegando na sua rua? Faz muitos anos que esperávamos por isso”, conta o aposentado.

‘‘Essa rua onde moro é buraco por cima de buraco e no tempo de chuva é difícil demais. No verão, a poeira fica pior. Fora os acidentes, que são o que mais tem. É com muita alegria que vamos receber essa obra de melhoria. É mais conforto para os moradores. Agradeço pela obra que será feita. Vamos dizer tchau para poeira e para os buracos também’’, afirma o aposentado Devair Pavim, morador de Rolim de Moura.

“Moro há 18 anos nesse bairro, graças a Deus, minha rua será asfaltada. Em tempos de chuva, muitos buracos e lameira, em tempos de seca, ninguém aguenta com tanta poeira. Agora sim, vamos dizer: Tchau poeira”, comenta a dona de casa, Vera Lúcia Salvento dos Santos, moradora de Vilhena.

PREFEITOS DESTACAM PROJETO

Os prefeitos também reconheceram o impacto positivo do Tchau Poeira para melhoria da malha viária das cidades, e a iniciativa do Governo de Rondônia de ir além das competência para promover a revitalização de todos os municípios rondonienses.

“Hoje é um dia extraordinário, histórico, especial. Não me recordo de nenhum governo que tenha olhado para Porto Velho. Quando assumimos essa cidade, ela tinha uma deficiência de mais de 550 quilômetros de malha viária asfáltica; nós arregaçamos a manga e já melhoramos 350 quilômetros. E agora se soma a esse trabalho o investimento do Estado. Esse atual Governo Estadual é o primeiro a estender a mão para à prefeitura do município”, afirma o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves.

“Para Ariquemes é muito importante essa parceria com o Governo, pois só vai trazer benefício à população. Ficamos felizes com as obras que além de trazer segurança, vão deixar nossa cidade mais bonita” disse a prefeita de Ariquemes, Carla Redano.

O prefeito de Ouro Preto, Alex Testoni, afirma que o investimento do Governo trará mais desenvolvimento para o município. “O ‘Tchau Poeira’ chegou em um momento importante onde queremos conciliar qualidade de vida, pois é disso que se trata o recapeamento e asfaltamento das ruas, com o melhoramento da cidade para receber turistas que virão cada vez mais ao nosso município para fomentar a economia, pois Ouro Preto do Oeste tem essa característica turística. O ‘Tchau Poeira’ vai ajudar muito no desenvolvimento do município”.

Para o prefeito Arismar Araújo, o “Tchau Poeira” chegou para mudar a realidade de Pimenta Bueno. “Hoje nosso município está atrasado no quesito asfalto urbano, mas com a parceria do Governo, esse cenário vai mudar. Precisamos agradecer o Governo de Rondônia por estender a mão aos municípios rondonienses”, ressaltou o chefe do Executivo Municipal.

‘‘O Governo mesmo com a difícil missão de enfrentamento da covid-19 tem tido a sensibilidade de investir nos municípios, onde os prefeitos, por mais que ajustem as contas, estão tendo dificuldade de fazer investimentos, pois a pandemia está levando tudo embora. Ficamos felizes que o Estado está proporcionando recapeamento para nossas ruas, tenho certeza que com essa parceria o município vai avançar’’, considera o prefeito de Rolim de Moura, Aldair Júlio Pereira.

‘‘As ações do Governo tem ajudado os municípios, sendo um verdadeiro parceiro para que o desenvolvimento aconteça. Agradeço o carinho imenso com Costa Marques”, disse o prefeito Vagner Miranda.

O prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês, ressaltou que o apoio do Estado é fundamental para melhorar a qualidade de vida da população nas cidades. “O município não teria condições, sozinho, de trazer esse grande benefício. O asfalto vai beneficiar a população não apenas na infraestrutura, mas também na saúde, pois os bairros que serão beneficiados são praticamente todos sem asfalto e nessa temporada a poeira causa danos respiratórios para muita gente”.

ALINHAMENTO

Os deputados estaduais também acompanharam o Governo de Rondônia nos lançamentos do “Tchau Poeira” devido ao grande significado que essa iniciativa tem para a população.

O presidente da ALE, Alex Redano, parabenizou o Governo pelas ações que têm realizado. ‘‘Ao aplicar o recurso de forma útil para esta sociedade, o Governo do Estado está fazendo história, está mudando o Estado de Rondônia”, considera. “Os investimentos vêm de uma economia que foi feita, ou seja, não há um comprometimento financeiro”, disse o deputado estadual Luizinho Goebel, líder do Governo na Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE).

O vice-líder do Governo na ALE, Ismael Crispim acrescenta: ‘‘Para todo grande projeto existe uma caminhada e para esse destaco primeiro a importante estratégia econômica do Governo, pois foi preciso fazer economia para chegar nesse momento. Nós somos 24 deputados e todos querem o bem da população de Rondônia”.

Por Vanessa Moura/Secom


spot_img

Mais notícias +

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com