Rondônia,  às 19:16:01- Email: [email protected] - Telefone: 69 9 9284-5099.




Sessão tem prestação de contas, aprovação de projetos e discursos fortes



Na 31ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Ji-Paraná, na noite desta terça-feira (14), o secretário de Indústria e Comércio, Volnei Inocêncio, apresentou uma prestação de contas das ações que a Secretaria vem realizando, entre eles um Projeto para a construção de um Centro de Convenções na cidade. Questões relativas a vários pontos do município foram abordadas pelos vereadores em seus discursos, além de outros quatro projetos, todos aprovados.

Os projetos aprovados são o nº 4026/2021, que autoriza o poder Executivo Municipal a abrir crédito adicional; o nº 4017/2021, que institui a contratação de jovem aprendiz nas empresas que prestam serviço terceirizado à Prefeitura; o nº 4022/2021, que denomina de Whemerson Giani Terra o Centro de Artes Marciais e o nº 4023/2021, que denomina de José dos Santos a Unidade Básica de Saúde do Bairro Orleans.
O vereador Edísio Barroso (SD), usou a tribuna para informar que estará em Porto Velho com Daniel Pereira, superintendente do Sebrae, para tratar de cursos profissionalizantes. O vereador também falou que falta política pública para o bairro Primavera por ser um bairro geograficamente baixo, mas que buscará melhoria para a localidade.

Edísio também frisou a situação de autofossa, que seria viável que das 11 às 14 horas não se faça o esvaziamento delas por causa do odor forte. O vereador irá fazer um projeto para regulamentar essa situação. Ele também ressaltou sobre a falta de iluminação pública da cidade.
Já o vereador Ademilson Procópio (PTB) usou a tribuna para ler uma carta que recebeu em seu gabinete, com reclamação da falta de iluminação pública. O vereador cobrou providência em relação à boca de ala dos tubos armicos que foram instalados na área rural que estão apresentando problemas devido à chuva e que a Secretaria de Obras precisa checar essa situação. Procópio solicitou a instalação de quebras molas na Rua Francisco Benites, com o intuito de evitar acidentes.

O planejamento do retorno das aulas nas escolas municipais foi o tema abordado inicialmente por Elvis Gomes (Republicanos). A princípio em escolas com capacidade de 30%, as aulas presenciais não são obrigatórias, ou seja, os responsáveis que não queiram mandar seus filhos para a escola têm essa opção. O vereador disse ainda as escolas da área rural não foram contempladas com o plano de retorno e que isso é muito ruim. Elvis afirmou que o prefeito e o secretário de Educação, como ele também, não são a favor do retorno das aulas nesse momento, mas que o município acompanha a determinação do Estado. Segundo Elvis, informou que na área rural não contará com o transporte coletivo por que o Estado está jogando essa responsabilidade para o município.

A vereadora Vera Márcia (PT) reivindicou uma resposta urgente sobre o transporte público de Ji-Paraná, por porque muitas pessoas não em condições financeiras de pagar uber. A vereadora ressaltou ainda sobre as obras paradas, uma delas é o CEMEI Nelson Dias, no bairro Santiago. “Nós precisamos de uma resposta sobre o motivo dessa paralisação e que esse problema será resolvido”, disse a vereadora. O presidente da Câmara de Vereadores, Welinton Fonseca (MDB), também irá cobrar do executivo para que se resolva o problema da Creche Nelson Dias.


+ Notícias


Posting....