Rondônia,  às 21:12:50- Email: [email protected] - Telefone: 69 9 9284-5099.




Unidade do Corpo de Bombeiros do 1º distrito só sai em 2022



Iniciada no ano de 2013 a unidade do Corpo de Bombeiros do primeiro distrito, mais precisamente na rua Júlio Guerra, próximo do canal Dois de Abril de Ji-Paraná, parada há mais de quatro anos, somente deve ser reiniciada no final de 2022. Foi o que informou uma fonte ouvida no final da última semana, isso, caso a Procuradoria Geral do Estado (PGE) autorize o governo a usar o mesmo processo pela Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), ou seja, sem a necessidade de uma nova licitação.

O prédio para atender 90% da área operacional do Corpo de Bombeiros no primeiro distrito, é uma antiga reivindicação em decorrência do alto índice de acidentes, mais também outros tipos de auxílio prestado pela corporação como de pacientes, parturientes e muitos outros tipos de resgate. “O movimento da trafegabilidade de veículos na nossa cidade, e a sua divisão em dois distritos pelo Rio Machado mostra bem a necessidade da conclusão dessa obra o quanto antes”, declarou o um moto-taxista que pediu para não ser identificado.

A obra da unidade do Corpo de Bombeiros de Ji-Paraná, foi iniciada no ano de 2013, durante a gestão do ex-governador Confúcio Moura (MDB). A empresa contratada, via licitação, com sede na cidade de Vilhena não executou nem 30% da construção do prédio, abandonando o serviço, supostamente por falta de capital financeiro, e dispensado os funcionários.

Entre os anos de 20017 e 2018, o governo fez uma segunda licitação para contratar nova empresa, com investimento estimado de R$700 mil, mas também não prosperou. Uma fonte do Corpo de Bombeiros informou que o comando não dispõe do referido recurso, o que obriga o governo estadual a conseguir o dinheiro em outra fonte.

Por J. Nogueira


+ Notícias


Posting....