Café: Após explosão nos preços, arábica e conilon operam com ajustes técnicos nesta manhã

 

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta quarta-feira (24) com desvalorização técnica para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O início da manhã está sendo marcado por ajustes nos preços após altas expressivas no pregão anterior.

As preocupações com a oferta global de café aumentam a cada dia e vêm sustentando os preços no exterior. Apesar das altas, poucos negócios são fechados já que o produtor no Brasil segue agindo com cautela, ainda aguardando para ver o desenvolvimento da safra 22.

Por volta das 08h04 (horário de Brasília), março/22 tinha queda de 95 pontos, valendo 241,10 cents/lbp, maio/22 tinha queda de 90 pontos, valendo 240,65 cents/lbp, julho/22 tinha baixa de 110 pontos, valendo 240 cents/lbp e setembro/22 tinha baixa de 105 pontos, valendo 239,60 cents/lbp.

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon abriu com estabilidade. Janeiro/22 tinha queda de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 2290, março/22 registrava queda de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 2227, maio/22 tinha queda de US$ 6 por tonelada, valendo US$ 2195 e julho/22 tinha queda de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 2193.

Fonte: Notícias Agrícolas

- Advertisement -
spot_img

Mais notícias +