teensexonline.com

Sexta-feira, 12 de julho de 2024








Prefeitura realiza limpeza no Conjunto Habitacional Morar Melhor 2

Espaço que passa por revitalização, será inaugurado no fim de semana

Empenhada em melhorar a qualidade de vida da comunidade, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), está realizando serviço de limpeza no Conjunto Habitacional Morar Melhor 2. A revitalização visa proporcionar um ambiente mais agradável e seguro para todos. O lançamento da retomada das obras de acabamento dos mais de 1400 apartamentos acontecerá no sábado (29).

O objetivo principal dessa iniciativa é eliminar resíduos acumulados e garantir a manutenção da infraestrutura urbana, promovendo não apenas a limpeza física, mas também contribuindo para o bem-estar coletivo. Com isso, a administração municipal reafirma seu compromisso com o cuidado dos espaços públicos e com o atendimento às necessidades dos cidadãos de Ji-Paraná.

Além da limpeza, a Semosp continuará monitorando e realizando outras ações de manutenção conforme as demandas da comunidade, assegurando que o Conjunto Habitacional Morar Melhor 2 seja um lugar mais agradável para se viver. Para a administração municipal, a participação dos futuros moradores será fundamental no processo, contribuindo com a conservação e a preservação desse importante patrimônio urbano.

Paralisado há mais de oito anos, o conjunto habitacional tem aproximadamente 95% do projeto já executado. O residencial Morar Melhor 2 de Ji-Paraná, conta com 1.456 apartamentos. De início, um terço dos apartamentos serão entregues em novembro.

O Ministério das Cidades destinou R$ 87 milhões ao Banco do Brasil para a retomada das obras do Programa Habitacional Morar Melhor 2 em Ji-Paraná. O trabalho da administração municipal, junto ao senador Confúcio Moura, sensibilizou o Governo Federal, que liberou o recurso para a conclusão dos apartamentos.

A edificação conta com 91 torres. Cada torre tem quatro andares e 16 apartamentos. Cada apartamento mede 48 metros quadrados. As torres foram erguidas em área nobre. A obra iniciou em setembro de 2013. A entrega estava prevista para maio de 2015. No início, o investimento foi orçado em R$ 92 milhões. Além dos apartamentos, o projeto inclui duas creches, sete praças, área de preservação ambiental e estacionamentos com duas vagas para cada apartamento.

Texto e fotos: Chico Limeira


spot_img


Pular para a barra de ferramentas