Rondônia,  às 07:31:22- Email: [email protected] - Telefone: 69 9 9284-5099.




Três acusados de matarem amigas de 16 anos são presos pela Polícia Civil; uma estava grávida



A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá), cumpriu nesta segunda-feira (26) a prisão de três pessoas investigadas pelo homicídio de duas adolescentes ocorrido em 2019.

Os autores do duplo homicídio que vitimou Marya Heduarda Magalhães Marçal e Taynara Inácio dos Santos, ambas com 16 anos, tiveram as prisões temporárias cumpridas pela equipe de investigação da unidade policial.
O delegado de Sapezal, Herbert Hugo Montenegro, explicou que restam alguns pontos da investigação para serem esclarecidos e após a conclusão do inquérito, a Polícia Civil encaminhará representação à Justiça pela conversão em prisão preventiva dos investigados.

Um dos presos é o mandante do crime e os outros dois executores do homicídio das adolescentes, que foram encontradas mortas na lavoura de uma fazenda, a aproximadamente 10 quilômetros de Sapezal.
Marya Heduarda e de Taynara foram encontradas na manhã de 03 de maio de 2019, depois de dias desaparecidas. A equipe da Delegacia de Sapezal realizou os procedimentos no local e a perícia encaminhou os cadáveres, que já estavam em decomposição, para exame de necropsia, sendo posteriormente identificados como sendo as adolescentes desaparecidas.

Exames atestaram que as vítimas foram mortas com disparos de arma de fogo e uma delas estava grávida (Taynara).

A partir da investigação, a equipe da Polícia Civil reuniu diversas informações e exames que levaram aos autores do crime, dois deles ligados a uma facção criminosa.

Via Repórter MT


+ Notícias